terça-feira , 28 junho 2022
34942b456fe160e5b82d91f97bd829c9

Tribunal de Contas determina ressarcimento ao erário de Chapada dos Guimarães

Foto: Tony Ribeiro/TCE-MT
Conselheiro-relator, Waldir Teis.

O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) determinou o ressarcimento de valores pagos pela prestação de serviços contábeis no levantamento patrimonial, elaboração do inventário físico e financeiro e alimentação do sistema de gerenciamento de dados da Prefeitura de Chapada dos Guimarães.

Durante a sessão ordinária de terça-feira (21), o relator do processo, conselheiro Waldir Teis, julgou procedente a representação de natureza interna (RNI) que apontou as supostas irregularidades.

“A empresa contratada ao invés de fazer o levantamento de fato de todos os bens móveis e imóveis, ela aproveitou o levantamento de uma comissão que tinha sido criada na Prefeitura. Ela pegou esse serviço e atribuiu o valor como se tivesse feito”, explicou o conselheiro.

Diante das irregularidades, declarou a revelia o ex-secretário de administração e determinou o ressarcimento por parte da empresa contratada, com valores  atualizados a partir da data do pagamento até a data efetiva da devolução. Emitiu ainda recomendações à atual gestão.

 

Secretaria de Comunicação/TCE-MT
E-mail: imprensa@tce.mt.gov.br
Flickr: clique aqui

Verifique também

958029a5-218d-4a21-ab8a-a166f340a199

STF mantém decisão que proíbe empresa de participar de licitações e firmar contratos com o poder público

Supremo acatou manifestação do MPF contra pedido de empresa condenada por fazer doação acima do limite legal nas eleições de 2014