sábado , 16 outubro 2021
Presidente do DEM, ACM Neto defende País 'livre do radicalismo'

Presidente do DEM, ACM Neto defende País ‘livre do radicalismo’

O presidente do DEM, ACM Neto, defendeu nesta terça-feira, por meio das redes sociais, um País “livre do radicalismo”. O líder e não chegou a endereçar as críticas, mas ressaltou que a atual luta do País deveria ser por um Brasil mais justo e menos desigual


“Um Brasil independente é um Brasil livre do radicalismo, que valoriza a democracia, e não o ódio. Hoje a nossa luta é por tolerância, comida na mesa dos brasileiros, emprego, respeito às diferenças e por um País mais justo e menos desigual. Essas são lutas diárias, aquelas que realmente importam e fazem a diferença na vida das pessoas”, publicou o presidente do DEM.

As falas de ACM Neto acontecem enquanto Bolsonaro volta a aumentar o tom contra ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) nas manifestações convocadas por ele neste feriado. Nesta terça, Bolsonaro voltou a afirmar que as manifestações são endereçadas a “um ou dois” que, segundo ele, estariam atuando fora das quatro linhas da Constituição.

No discurso, Bolsonaro anunciou uma reunião do Conselho da República na quarta-feira e afirmou que usará a fotografia das manifestações deste 7 de Setembro para mostrar aos chefes dos demais Poderes “para onde nós todos devemos ir”.

Verifique também

Renan vai propor indiciamento de Bolsonaro e dois ministros em relatório da CPI

Renan vai propor indiciamento de Bolsonaro e dois ministros em relatório da CPI

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), decidiu …