segunda-feira , 16 maio 2022
30f3fd9ff9379d73ba3ccd6c450ac097

Prefeitura inicia criação de cartilha contra assédio moral no serviço público municipal

A Prefeitura de Cuiabá, via Secretaria Municipal da Mulher e Ouvidoria Geral, iniciaram os trabalhos para a criação de uma cartilha contra o assédio moral no funcionalismo público. A reunião entre os membros da comissão de estudo, constituída pelos técnicos das duas pastas, foi realizada na quinta-feira (10), na sede da pasta responsável pelas formulação de políticas públicas voltadas às  mulheres.

“Buscamos estabelecer medidas para evitar esse tipo de prática”, explica o ouvidor-geral da Prefeitura de Cuaibá, Heitor Reyes. A responsabilidade em receber denúncias é da Ouvidoria Geral que atende pelos mais diversos canais sendo por e-mail, telefone celular, mensagem via aplicativo de conversa instantânea ou mesmo presencialmente.

A secretária Luciana Zamproni, titular da pasta da Mulher, frisa que é necessário instituir mecanismos para munir os servidores municipais de informações que possibilitem a identificação de situações que caracterizem o assédio moral e, principalmente, como garantir a proteção da vítima e a responsabilização do assediador.

“Cuiabá é uma das primeiras capitais que estão aderindo a divulgação e informações de melhores condições de trabalho para evitar o assédio moral e sexual dentro da sua administração pública”, disse.

A criação da cartilha foi ensejada, ainda em 2021, pelo Núcleo de Apoio à Primeira-dama e vem ao encontro do que determina a Organização Internacional do Trabalho. A previsão é que em março, mês de comemoração do Dia Internacional da Mulher, o manual seja oficialmente entregue aos servidores públicos. 

 

Verifique também

11e3e97146f7e19f80146e08217c6aca

Mais 250 cobertores da campanha Aquece Cuiabá são entregues à população em situação de rua

Com mais uma mudança brusca na temperatura, desde a madrugada desta segunda-feira (16), a equipe …