terça-feira , 17 maio 2022
a792747ac71a20aff05deab04f5e14be-1

Pra Frente Cuiabá: liberação de crédito incentiva micros e pequenos empreendedores da Capital

A gestão Emanuel Pinheiro, por meio do programa ‘Pra Frente Cuiabá’, coordenado pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, dá mais um passo para a fortalecimento e retomada econômica da Capital com a oferta de financiamento com subsídio de juros para os micros e pequenos empreendedores com o ‘Cuiabanco’. A proposta já foi aprovada pela Câmara Municipal e sancionada pelo Executivo, e a previsão é que o processo de licitação seja realizado ainda no primeiro trimestre deste ano.

A ação realizada em parceria com o SEBRAE visa melhorar a renda e a geração de empregos disponibilizando uma linha de crédito ao pequeno empreendedor com juros zero, oportunizando o crescimento da economia. Neste momento, a Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico também estuda o local em que será instalada a sede do Cuiabanco.

“O Cuiabanco é uma grande agência de fomento cuiabano para potencializar os micros e pequenos empreendedores que querem fazer o seu negócio e não têm, às vezes, a condição mínima de ir ao banco e conseguir um empréstimo. Nessa proposta do Cuiabanco, dentro do Pra Frente Cuiabá, a Prefeitura pagará, inclusive, os juros e caberá ao empreendimento pagar o capital. Então, é uma forma de ajudar a impulsionar a economia cuiabana, principalmente, do micro e pequeno empresário com foco na geração de emprego e renda e, principalmente, em economia criativa e solidária”, explicou o prefeito.

O “Pra Frente Cuiabá” ainda engloba mais cinco ações que visam promover o desenvolvimento econômico da Capital considerando, principalmente, os impactos causados pela pandemia do coronavírus. São elas: Agro da Gente, Sine da Gente, Qualifica Cuiabá, Enem Digital e o Programa de Importação e Exportação de Cuiabá- IMEX.  Conforme o secretário Francisco Vuolo, o Cuiabanco deve ajudar a impulsionar as demais ações do programa.

“Nós iniciamos essa ação e a licitação deve sair no mês que vêm para instituirmos o Cuiabanco, que é um agente financeiro para operar dentro desse leque dos cinco programas que nós temos no Pra Frente Cuiabá. O Cuiabanco vem como uma OSCIP de microcrédito, uma parceria que nós fechamos com o SEBRAE que nos deu orientação técnica. Essa OSCIP de microcrédito tem uma flexibilidade maior do que os bancos de fomento que segue o regime do Banco Central e, caso a pessoa tenha alguma restrição, ela não consegue ter acesso ao crédito. No nosso caso, que foi uma determinação do Emanuel, nós buscamos alternativas e a liberação do microcrédito foi a alternativa que encontramos”, explicou o secretário.

“O Cuiabanco vai funcionar como uma carteira de crédito que vai liberar de R$ 1,5 mil até R$ 25 mil e se o empreendedor tiver um contrato de venda, esse contrato vai servir de garantia para você ter acesso a liberação do crédito e se ele pagar em dia, a Prefeitura subsidia os juros. Então, é um grande programa para fomentar a economia da Capital”, acrescentou Vuolo.

 

 

Verifique também

7fd15933-a61b-41c9-9421-7e8ffaaca43d

STF declara inconstitucionais leis que preveem foro especial para delegados de polícia e procuradores de Estado

Decisão atende pedido do MPF em ações diretas contra constituições dos estados do Rio de Janeiro, Maranhão e Mato Grosso do Sul