quinta-feira , 18 agosto 2022
picture.jpg

Policial civil morre em troca de tiros com PM

Um policial civil de 27 anos foi morto a tiros por um policial militar em um bar na avenida Murchid Homsi, no bairro Vila Ercília, em São José do Rio Preto (SP), na madrugada deste sábado (3). O crime teria acontecido após uma discussão.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima, o policial civil Eduardo Teixeira Moreno, chegou ao bar com uma motocicleta e começou a acelerar o veículo, mesmo com ele já estacionado. Os clientes do bar então começaram a aplaudir a atitude em “tom de deboche”, segundo o BO. O policial civil então teria ficado irritado com situação, sacou uma arma e atirou contra um bancário de 48 anos.

O policial militar Luís Carlos Fragoso, 52 anos, estava no bar com a família e viu a situação, quando foi ao local. Ele solicitou que o policial civil largasse a arma. Moreno não obedeceu à ordem e deu um tiro no PM, que reagiu efetuando disparos também.

O policial civil acabou morrendo e o policial militar foi preso e levado para um presídio militar. A perícia esteve no local para analisar a cena do crime. As armas utilizadas foram apreendidas e a moto da vítima também. O bancário foi resgatado e levado para um hospital particular de Rio Preto e ainda não há notícias sobre o estado de saúde dele.

Neste sábado (3), após uma audiência de custódia no fórum de Rio Preto, o policial militar foi liberado após a Justiça considerar que ele agiu em legítima defesa. Apesar de não ser preso, a investigação vai continuar e o policial vai responder pelo homicídio.

Por G1

Verifique também

capipp2ym2ptuhl

Governador Washington Calado visita Rotary Club de Paranaíta.

Para quem estuda ou gosta de *geografia já deve ter observado que no Norte de …