sexta-feira , 22 outubro 2021
Polícia prende cinco supostos jihadistas em Madrid e Barcelona

Polícia prende cinco supostos jihadistas em Madrid e Barcelona

A Polícia Nacional espanhola prendeu cinco supostos jihadistas em Madrid e Barcelona, ​​incluindo um líder que se dedicava a capturar e doutrinar outros.

Conforme informaram fontes policiais e jurídicas à agência Efe, a operação foi realizada por agentes do Comissariado Geral de Informação  da Polícia Nacional dirigido pela Audiência Nacional (um tribunal espanhol com sede em Madrid e que tem jurisdição em todo o território da Espanha).

Para já, quatro compareceram perante o juiz da Audiência Nacional Joaquín Gadea, que ordenou a sua entrada na prisão. O quinto será ouvido nos próximos dias, porque já está numa prisão catalã por outros crimes.

Durante as buscas nas habitações dos suspeitos, os agentes localizaram machetes e munições de 9 mm.

A operação está relacionada com outra realizada em janeiro deste ano, na qual três supostos jihadistas foram presos, um deles um “repatriado” do Daesh, de nacionalidade argelina, que teria lutado na zona de conflito da Síria e Iraque.

Tal como no caso anterior, os detidos são de nacionalidade argelina, segundo as mesmas fontes, que especificaram que o suposto líder já cumpriu pena na Argélia por atos relacionados com o jihadismo.

Verifique também

Luxemburgo libera plantio de maconha para consumo doméstico

Luxemburgo libera plantio de maconha para consumo doméstico

BRUXELAS, BÉLGICA (FOLHAPRESS) – Luxemburgo se tornou o primeiro país europeu a permitir que adultos …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *