sábado , 4 dezembro 2021
Polícia interrompe show de MC Poze em Belém e dispara balas de borracha

Polícia interrompe show de MC Poze em Belém e dispara balas de borracha

RECIFE, PE (FOLHAPRESS) – Imagens que circulam nas redes sociais mostram um tumulto generalizado após a Polícia Militar do Pará interromper um show do funkeiro MC Poze do Rodo, em Belém. O caso ocorreu na noite deste domingo (7) na capital paraense.


Em um vídeo, um policial aparece disparando balas de borracha em direção ao público. A gravação mostra os agentes da PM sobre o palco da festa enquanto os músicos eram retirados do local.

Em seguida, os espectadores do evento começaram a jogar copos de bebida, objetos pessoais e itens de uso pessoal contra os policiais. Ao mesmo tempo, um dos agentes atira com uma espingarda de balas de borracha em direção à plateia.

Apesar da confusão, não há informações sobre feridos no episódio até o momento.

A Polícia Militar do Pará alegou, por meio de nota, que as razões para a interrupção do show foram denúncias de superlotação do espaço e utilização de materiais pirotécnicos.

“Os agentes confirmaram que a casa, com capacidade para 3.000 pessoas, estava com lotação de 7.000 presentes”, disse a corporação.

“Os militares subiram no palco para vistoriar a presença de adolescentes quando objetos foram arremessados. Houve intervenção da PM com a utilização de instrumentos de menor potencial ofensivo para dispersar os presentes”, acrescenta o comunicado da PM.

Já o cantor MC Poze do Rodo deu sua versão em uma rede social sobre o caso ocorrido em Belém. O artista negou que tenha incitado violência e se declarou surpreso com a intervenção policial no local da festa, no bairro do Parque Verde.

“Estava na quarta música, quando a polícia subiu no palco e mandou acabar o evento. O motivo, não sei. Só sei que foi o maior ‘pavão’, começaram a jogar garrafas, tacar as coisas no palco. Estava fazendo meu show, a polícia mandou nos retirar e fomos pra van, da van viemos para o hotel”, disse.

MC Poze tem mais de três milhões de seguidores em uma das suas redes sociais. O DJ, nascido na favela do Rodo, em Santa Cruz, no Rio de Janeiro, ganhou fama com a música e notoriedade pela sua forma de exibir jóias.

O cantor é investigado no Rio de Janeiro por suposta ligação com o tráfico de drogas. Poze foi apontado em julho de 2020 como foragido da Justiça, mas o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) revogou a prisão preventiva dias depois. Antes, o DJ foi denunciado pelo Ministério Público do Estado.

No final do mês passado, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia proibiu um evento que contaria com a participação de MC Poze no dia 30 de outubro.

A alegação da pasta foi de que havia ameaças de traficantes contra o artista e a existência de um vídeo em que Poze apareceria armado.

Verifique também

'Não conseguia amarrar um tênis', diz Simone Mendes ao festejar perda de 25 quilos

‘Não conseguia amarrar um tênis’, diz Simone Mendes ao festejar perda de 25 quilos

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A cantora Simone Mendes, 37, se diz feliz da vida …

Enquete

EM QUAL DESSES NOMES VOCÊ VOTARIA PARA GOVERNADOR.

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Toque do Chefe

Bate Papo com Crispim Neto

TDT-TV AO VIVO