segunda-feira , 16 maio 2022
Operação fake work to.jpg

Polícia Federal investiga suspeito de cometer fraudes em nome da Superintendência Regional do Trabalho no Tocantins

Araguaína/TO – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (16/02) a Operação “Fake Work”, com o objetivo de dar cumprimento a mandado de busca e apreensão, em desfavor de indivíduo que praticava fraudes contra empregadores na cidade de Araguaína/TO.

O investigado se utilizava de documentos falsos em nome da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho da Superintendência Regional do Trabalho no Tocantins, fazendo constar nas notificações falsas símbolos e rubricas de auditores-fiscais do trabalho.

Durante as investigações, a Polícia Federal apurou que o investigado elaborava termos de notificação falsos, que supostamente teriam sido emitidos pela Superintendência Regional do Trabalho no Estado do Tocantins (SRTb-TO), inclusive com a inserção de assinaturas de auditores fiscais do trabalho e timbre do respectivo órgão.

Após a elaboração da notificação falsa, o referido documento era encaminhado às empresas informando-as acerca da necessidade de cumprir exigências relacionadas à segurança e à medicina do trabalho. Em seguida, o investigado se apresentava oferecendo serviços que viabilizariam o cumprimento das medidas exigidas pela SRTb- TO.

A ação de hoje busca obter mais elementos que apontem a eventual participação de terceiros, bem como, possível ressarcimento dos danos causados. A investigação também possibilita entender melhor a forma de atuação deste e outros grupos criminosos.

O investigado poderá responder pelos crimes de estelionato, falsificação de documento e usurpação do exercício de função pública.

Destaca-se que em razão da Pandemia causada pela COVID-19, foi adotada logística especial de prevenção ao contágio, com distribuição de EPI’s a todos os envolvidos, a fim de preservar a saúde dos policiais, testemunhas e investigados.

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Tocantins

Contato: (63) 3236-5440
E-mail: cs.srto@pf.gov.br

 

*** O nome da Operação “Fake Work” faz referência ao trabalho dissimulado realizado pelo investigado, no tocante ao envio de comunicação falsa para consequente realização de prestação de serviço.

 

Verifique também

PMMT

PM prende homem que atirou em esposa e apreende arma de fogo e R$ 53 mil

O material apreendido foi localizado no veículo utilizado pelo em sua fuga