segunda-feira , 16 maio 2022
a422e79e-1a72-41cd-a90c-9007bf09d2f0.jpg

Polícia Federal deflagra nova fase da Operação Fuscus

Criciúma/SC –  A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (12/5) nova fase da denominada Operação FUSCUS, com o objetivo de investigar empresários e empresas suspeitas de participarem de esquema envolvendo o superfaturamento de quantidades de produtos médicos/hospitalares e odontológicos adquiridos para atender a rede municipal, inclusive para o enfrentamento da emergência sanitária decorrente da pandemia mundial desencadeada pelo Coronavírus (COVID-19).   Estima-se que a organização criminosa teria movimentado cerca de R$ 10 milhões em aproximadamente 15 meses.

Estão sendo cumpridos nesta data três mandados de busca e apreensão na cidade de Araranguá/SC. As ordens judiciais foram expedidas pela 1ª Vara Federal em Criciúma/SC.

Trata-se de desdobramento da operação iniciada em setembro de 2020 e que teve sua primeira fase em novembro daquele ano e uma segunda fase desencadeada em novembro de 2021, tendo iniciado a partir de representação de cidadãos inconformados com supostos mal feitos na aplicação de recursos públicos destinados ao SUS.  

Os envolvidos responderão, na medida de suas reponsabilidades, pela prática dos crimes de conluio e fraude ao caráter competitivo de licitações, falsidade ideológica, peculato e organização criminosa, cujas penas somadas podem chegar a até 28 anos de reclusão.  

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Criciúma/SC  

gab.ccm.sc@pf.gov.br | www.pf.gov.br 

 (48) 3461-8600

Verifique também

58db09a8-417e-4783-95af-255ec11bffea.jpg

PF localiza e prende foragido em Foz do Iguaçu/PR

Indivíduo foi condenado por tráfico internacional de drogas na Operação Aletria