quarta-feira , 10 agosto 2022
72.jpg

PF prende em flagrante advogada que tentava obter ilegalmente aposentadoria para cliente

Brasília/DF – A Polícia Federal, em parceria com o INSS, prendeu em flagrante, nesta quinta-feira (04/8), uma advogada que tentava obter fraudulentamente benefício de aposentadoria para um cliente na Agência da Previdência Social de Taguatinga, região administrativa do Distrito Federal.

A advogada utilizou-se de uma procuração para atuar em nome do suposto cliente e apresentou aos servidores do INSS diversos documentos falsos para atestar vínculos empregatícios extemporâneos e, desse modo, viabilizar a obtenção da aposentadoria.

No entanto, os servidores identificaram a fraude em alguns documentos e acionaram a Polícia Federal. A advogada foi conduzida à Superintendência Regional de Polícia Federal no Distrito Federal, onde foi autuada em flagrante pelos crimes de uso de documento falso e tentativa de estelionato contra a União.

Se somadas, as penas podem superar 10 anos de prisão. As investigações continuam para apurar a participação do beneficiário do esquema e outros possíveis envolvidos.

Comunicação Social da Polícia Federal no Distrito Federal
61 2024-7557

Verifique também

Polícia Federal realiza operação contra pistolagem e lavagem de dinheiro

Foram cumpridos mandados em três unidades da Federação