sexta-feira , 27 maio 2022
Assessoria Sefaz-MT

Parceria entre Governo e Prefeitura de Cáceres incentiva doação de notas fiscais a entidades filantrópicas

O Governo de Mato Grosso firmou parceria com a Prefeitura de Cáceres para fomentar a participação da população no programa “Doe Sua Nota”, que compõe o Nota MT e destina recursos a entidades sociais. 

Em reunião com a Gerência Regional Oeste de Atendimento ao Contribuinte (GOAC), a prefeita do município, Antônia Eliene Liberato Dias, disponibilizou 18 urnas para cinco entidades sociais da cidade. As unidades serão colocadas em estabelecimentos do comércio local e estarão identificadas com o selo do programa e o nome das entidades. 

“Pretendemos fortalecer cada vez mais as ações para dar visibilidade ao Nota MT e à nova modalidade ‘Doe Sua Nota’ no município”, afirmou a chefe do executivo municipal.

O gestor da Regional Oeste, Sandoval Vieira, destacou que as parceriais com o município são “importantes para disseminação de informações sobre os sorteios do Nota MT e a doação das notas fiscais para uma instituição beneficente”. 

Vieira frisou que, no caso da nova ferramenta, só podem ser doadas as notas fiscais de consumidor eletrônicas (NFC-e) com valor inferior a R$ 1.000 e nas quais não constem o CPF do consumidor.

Além de doar diretamente nas urnas, o cidadão também pode fazer a doação pelo site ou aplicativo do Nota MT. Para isso é necessário informar a chave do documento fiscal ou fazer a leitura do QR-Code, selecionar a cidade e escolher a instituição social. A doação é simbólica e anônima, e não é necessário ser cadastrado no Nota MT para participar.

Participaram da reunião as seguintes entidades: Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – Apae Frei Gumaru; Associação Remanso Fraterno João Gabriel; Fundação Terezinha Mendes; Observatório Social do Brasil; e Instituto Cometa.

Campanhas

O Programa Nota MT, por meio do Doe Sua Nota, vai promover anualmente quatro campanhas de doação de notas fiscais. Em cada uma serão distribuídos R$ 500 mil entre as entidades sociais escolhidas pelo consumidor.

A campanha atual é a “Cavalhada”, a terceira realizada neste ano. Nela serão aceitos os documentos fiscais emitidos entre os dias 01 de abril e 30 de junho, e as doações podem ser registradas até o dia dez do mês de julho.

Verifique também

6e037f78-df6e-4a7e-85bb-e6c08e853990

Defesa territorial é fundamental para assegurar proteção de mulheres e crianças yanomami, defende MPF em audiência pública

Durante debate na Câmara dos Deputados, procurador apontou o garimpo ilegal como principal fator de risco para a comunidade indígena