quinta-feira , 26 maio 2022
3a3328a0-0268-4c3e-8722-e209d06ed9ca.jpg

Operação Élpis combate disseminação de pornografia infantil pela internet

Ribeirão Preto/SP – A Polícia Federal deflagrou na quinta-feira, 10/2, nova etapa da Operação Élpis, visando o combate ao compartilhamento e à posse de imagens e vídeos com conteúdos relacionados a abusos sexuais de crianças e adolescentes.

Deu-se cumprimento a mandado de busca e apreensão na cidade de Sertãozinho-SP, expedido pela 6ª Vara Federal de Ribeirão Preto/SP, com o objetivo de localizar arquivos e equipamentos usados no armazenamento e compartilhamento de imagens e vídeos de pornografia infantil.  

Os criminosos utilizavam do sistema de compartilhamento P2P para realizar a transferência dos arquivos.

Foram apreendidos equipamentos de informática e mídias de armazenamento, os quais serão submetidos a exames periciais para composição e confirmação das provas já produzidas nos autos do inquérito policial. 

No cumprimento do mandado de busca e apreensão, o investigado foi flagrado na posse de arquivos de imagem e vídeo de pornografia infantil e foi preso em flagrante.

O crime de compartilhamento de arquivos de pornografia infantil, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente, é punido com pena de reclusão de 3 a 6 anos. Já o crime de posse de arquivos de pornografia infantil, também tipificado no mesmo estatuto, é punido com pena de reclusão de 1 a 4 anos.

 

Comunicação Social Ribeirão Preto

Verifique também

PMMT

Dupla é presa com sete tabletes e 130 porções de maconha em Nova Mutum

Todo o entorpecente apreendido foi localizado na residência dos suspeitos