quinta-feira , 9 dezembro 2021
Murilo Huff desmarca compromissos após morte de Marília Mendonça

Murilo Huff desmarca compromissos após morte de Marília Mendonça

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O cantor Murilo Huff, 26, ex-namorado da cantora Marília Mendonça (1995-2021), que faleceu na última sexta-feira (5) devido a um acidente aéreo, afirmou nesta terça-feira (9) que irá desmarcar os compromissos profissionais do mês de novembro.


Através de uma nota de esclarecimento publicada em seu Instagram, a empresa responsável pela carreira do cantor informou que “em razão dos últimos acontecimentos, os próximos compromissos profissionais do artista neste mês de novembro estão desmarcados”.

“Assim que possível, divulgaremos novas datas”, completou o comunicado. Nesta segunda (8), o músico relembrou momentos de seu relacionamento com a artista que durou cerca de quatro anos, com um vídeo publicado em seus Stories.

“Existem amores que não foram feitos para serem vividos. Foram feitos para serem guardados na memória e pela lembrança serem sentidos. Às vezes, o destino separa, mas só podemos agradecer o privilégio de termos podido viver o amor assim”, diz o texto narrado pelo escritor Caciano Kuffel.

“E, por mais que doa não ficarmos para sempre com essa pessoa, ainda assim agradecemos a sorte de termos vivido algo verdadeiro como era para ser. Por mais que seja passageiro nunca vamos esquecer, porque uma gota desse amor muitas vezes é maior e mais intenso que um oceano de outros amores”, finaliza.

Após breve manifestação sobre a morte de Marília Mendonça (1995, 2021) na manhã do último sábado (6), Murilo Huff, 26, voltou às redes sociais após o enterro da artista para relembrar a relação com a cantora, que morreu nesta sexta-feira (5), vítima de um acidente aéreo.

“Sigo aqui, ainda sem palavras, mas já vi que isso não vai passar. Não tão cedo. Você foi sem avisar e deixou um buraco dentro de mim. Um buraco que ninguém nunca vai conseguir tapar”, começou o cantor e compositor, que em seguida falou do filho que teve com Marília, Léo, de quase dois anos.

“Talvez esse pequenininho correndo aqui na sala me ajude a enfrentar sua falta. Ou talvez ele me faça sentir mais falta ainda, porque ele é sua cara. Eu não sei. Eu tô perdido. Mas te prometo que vou encontrar o caminho e vou cuidar dele, com todas as minhas forças”, garantiu o cantor, conforme pedido feito por ela, “na última mensagem, antes de entrar naquele avião.

No desabafo, que se assemelha a uma carta para a artista, Huff se compromete a cuidar não apenas do filho, mas também da mãe dela, Ruth Moreira, do irmão, João Gustavo, e até mesmo do padrasto Deyvid Fabrício. “Eu juro que queria ter agora pelo menos 1% da força que você sempre teve. Para poder aguentar essa dor”, lamentou.

Ele finalizou agradecendo à Marília por tudo que viveram juntos nos quase quatro anos em que se conheciam e relacionaram e também declarando o carinho que sentia pela cantora. “Muito obrigado por sempre ter acreditado e respeitado o meu sonho. Muito obrigado por ter me amado. Muito obrigado por ter deixado eu te amar. Eu vou te amar pra sempre sua teimosa”, finalizou.

O artista compartilhou ainda diversas fotos ao lado da cantora tanto na postagem quanto no Instagram Stories. Além disso, ele homenageou também outras duas vítimas do acidente: o produtor musical, Henrique Ribeiro e o tio da sertaneja, Abicieli Silveira Dias Filho.

A cantora foi uma das cinco vítimas de um acidente de avião que caiu numa serra em Piedade de Caratinga, a 309 quilômetros de Belo Horizonte. A artista tinha um show marcado para a data em Caratinga, a cerca de dez quilômetros do local do acidente.

A queda ocorreu por volta das 15h. A princípio, não se sabia se era a cantora quem estava a bordo da aeronave. Foi a semelhança do bimotor visto num vídeo que ela tinha compartilhado no Instagram duas horas antes que despertou a dúvida. Em tom cômico, a publicação mostrava Mendonça embarcando e se alimentando.

Além de Marília, também morreram no acidente aéreo: o produtor musical, Henrique Ribeiro, o tio da cantora, Abicieli Silveira Dias Filho, o piloto Geraldo Martins de Medeiros e o copiloto Tarcísio Pessoa Viana.

Verifique também

Tatá Werneck chora por não poder apresentar prêmio ao lado de Paulo Gustavo

Tatá Werneck chora por não poder apresentar prêmio ao lado de Paulo Gustavo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – No palco do Prêmio Multishow desta quarta (8), Tatá Werneck, …