domingo , 26 junho 2022
picture.jpg

Mulher tenta entrar com estimulantes na cadeia

Agentes flagraram uma mulher tentando entrar na cadeia de Mirandópolis (SP) com quase 200 comprimidos que aparentam ser estimulantes sexuais. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), a apreensão ocorreu no domingo (14).

A visitante estava com dois frascos de remédio contendo 196 comprimidos azuis.

No mesmo dia, outra mulher foi flagrada pelo scanner corporal ao tentar entrar na unidade com um embrulho inserido nas partes íntimas contendo maconha, que teve de ser retirado no Hospital Estadual de Mirandópolis.

Os visitantes flagrados tentando entrar com itens proibidos nas unidades prisionais são excluídos do rol de visitas e levados à delegacia de Polícia Civil. Já o detento que receberia o produto apreendido passa por um procedimento disciplinar.

Mais apreensões na região

Na penitenciária de Lavínia (SP), o scanner corporal identificou que havia algo suspeito com uma visitante, e ela foi orientada a ir ao hospital para averiguação.

No entanto, segundo a SAP, a mulher se negou a ir para atendimento e a Polícia Militar foi acionada. Levada para a delegacia de Lavínia, ela confessou que tinha dois embrulhos com maconha escondidos nas partes íntimas.

Já na cadeira de Valparaíso (SP), uma mulher foi flagrada ao tentar entrar com um celular escondido no meio de roupas. Ela também será excluída do rol de visitas da penitenciária.

 

Por G1

Verifique também

emergenciaporondadecalor3

Com calor acima de 40°, Cuiabá-MT entra em estado de alerta.

Calor deixa Cuiabá e 27 cidades em alerta de risco de morte. O Instituto Nacional …