sábado , 27 novembro 2021
Mulher dá à luz aos 50 anos após mais de uma década de infertilidade

Mulher dá à luz aos 50 anos após mais de uma década de infertilidade

Mais de uma década. Foi este o tempo necessário para que Susie e Tony Troxler, de 50 e 61 anos, pudessem receber a primeira filha nos braços. 

Pela primeira vez, o casal vai celebrar o Dia de Ação de Graças, 25 de novembro, com o seu maior desejo: a filha. 

Lily Antonia Troxler nasceu no estado norte-americano da Carolina do Norte no dia 29 de setembro de 2021, 13 anos depois de Susie e Tony se casarem e terem começado a sua jornada para engravidar.

O casal acreditava que conceberia naturalmente e sabia pouco sobre tratamentos de fertilidade. “Quando nos casamos, simplesmente presumimos que íamos engravidar, mas isso não aconteceu”, disse Susie ao jornal ABC News. “Somos muito antiquados e, quando crescemos, ninguém falava ou discutia FIV [fertilização in vitro]”, acrescenta. 

Essa mentalidade mudou há cerca de três anos quando decidiram recorrer a este tipo de tratamento, após 10 anos sem conseguir engravidar naturalmente. 

Após Susie ser examinada, foram-lhe diagnosticados miomas, que geralmente são tumores musculares benignos que crescem na parede do útero. Estes costumam ser mais comuns em mulheres na faixa etária dos 40 e 50 anos e, por isso, Susie tinha maior dificuldade em engravidar. 

Em janeiro de 2019, submeteu-se a uma cirurgia para remover os miomas. Foi aí que o casal recebeu a notícia de que não conseguiram ter um bebê de forma tradicional, tanto por causa da idade de Susie quanto por questões de saúde de Tony. 

O casal iniciou assim um ciclo de vários tratamentos de fertilização in vitro. Posteriormente, optaram por doação de óvulos por não conseguirem um embrião viável. A pandemia veio travar a luta deste casal e em fevereiro deste ano, o casal decidiu experimentar o último embrião viável, um embrião congelado, que consideraram ser sua última hipótese.

Esta última oportunidade foi bem sucedida e o casal não pode estar mais feliz. “Acredito que as crianças vêm quando devem vir, independentemente da idade dos pais. Ela é o nosso bebê milagre”, disse a recém-mamãe. 

Verifique também

Pfizer/BioNTech testa vacina contra nova variante do coronavírus

Pfizer/BioNTech testa vacina contra nova variante do coronavírus

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O laboratório alemão BioNTech, sócio da Pfizer, espera ter no …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *