quarta-feira , 18 maio 2022
Dona Nena mora às margens da MT-129 no km 55 há 14 anos.

“Muita gente prometeu fazer essa obra, mas só agora se tornou realidade”, destaca comerciante de Gaúcha do Norte

Dona Maria Niube (70), mais conhecida como Nena, veio com a família do interior de São Paulo há 18 anos e mora às margens da MT-129 no km 55 há 14 anos. No local a família tem um comércio, que serve como ponto de ônibus e também apoio.

De acordo com a dona Nena, o fluxo de caminhões é intenso e as condições climáticas definem a estrada. “Quando estamos na seca é muita poeira e na época das chuvas é muita lama e atoleiro, aqui contamos com a solidariedade, ajudamos as pessoas sempre que preciso, esse asfalto significa tudo em nossa vida”, afirmou.

Nesta quarta-feira (04.05), o governador Mauro Mendes inaugurou em Gaúcha do Norte o primeiro trecho da pavimentação da MT-129, com 39,59 quilômetros de extensão, um investimento de R$ 31.128.105,86 do Governo do Estado. Outro trecho já está previsto conforme o termo de colaboração assinado, em parceria com a Associação de Manutenção e Extensão (AMEX), que autoriza mais uma etapa da pavimentação de mais 40,12 km da MT – 129. O investimento é de R$ 57.117.657,94, sendo recurso do Governo de Mato Grosso de R$ 48.550.009,25

“A visita do governador aqui em nossa cidade nos alegrou muito, é preciso ver de perto a nossa realidade, aqui onde nós moramos tem um movimento muito grande de carretas, em dias de movimento são de 10 a 15 caminhões, sem contar as camionetes e carros pequenos. A primeira etapa concluída já está sendo uma benção, é o nosso sonho virando realidade”, contou dona Nena.

“Muita gente durante anos prometeu fazer essa obra, mas só o governador Mauro Mendes teve sensibilidade e atenção. Quando tudo estiver pronto, os pacientes serão transportados para fazer tratamento com tranquilidade, vamos ficar livres dessa poeira e vamos ter qualidade de vida. O nosso sentimento é de gratidão”, resumiu dona Nena.

Verifique também

32075d35-e3b9-46bc-b88f-63ce038f52d9

Lei Seca: para PGR, medidas legislativas que protegem a coletividade são constitucionais

No STF, Augusto Aras defendeu norma que estabelece infração administrativa a motorista que se recusa a fazer teste do bafômetro