sábado , 27 novembro 2021
Secretário Executivo da Sema-MT, Alex Marega, na COP-26

Mato Grosso participa da programação da China na COP 26 para mostrar política ambiental

Mato Grosso apresentou nesta segunda-feira (08.11) os avanços ambientais do Estado no Pavilhão Corporativo da China, na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 (COP 26), em Glasgow, na Escócia. O evento foi promovido pela Global Environmental Institute (GEI) para investidores e representantes governamentais.

O secretário Executivo da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), Alex Sandro Marega, mostrou os resultados positivos do combate ao desmatamento ilegal promovido pelo Governo de Mato Grosso.  A redução dos alertas de desmatamento foi de 20,5% no último período apuratório, de agosto de 2020 a julho de 2021, cinco vezes maior do que a média de redução dos estados da Amazônia Legal, que é 4,3%.

“Mato Grosso é o único estado convidado, e participou do evento apresentando a nossa política ambiental, a maior redução de desmatamento entre os estados da Amazônia, e os investimentos e estratégias que temos utilizado para combater o desmatamento ilegal da Amazônia”, conta Marega.

O secretário representou o Estado na palestra principal “Analisando o relacionamento desenvolvido entre a China e o Brasil em diferentes níveis”. Ele ressalta que o painel teve o objetivo de ampliar a interlocução da China com o Brasil, que é o principal player do mercado de alimentos do mundo, e para tratar de projetos de sustentabilidade.

“Temos provado que é possível produzir muito, e ao mesmo tempo preservar. Apresentamos a produção sustentável, por meio do Instituto PCI. Mostramos que Mato Grosso tem feito o dever de casa, e é um dos principais parceiros na produção de alimentos de forma sustentável, com produtos provenientes de propriedades rurais que fizeram a sua regularização ambiental”, explica.

MT conseguiu reduzir o desmatamento enquanto duplicou a produção de grãos, com a produção de 71 milhões de toneladas ao ano, e o rebanho bovino subiu de 15 milhões de cabeças para 31 milhões. “Mato Grosso se apresenta como um importante parceiro comercial para qualquer empresa que queira comprar alimentos que sejam produzidos de forma sustentável”, afirma. 

Global Environmental Institute (GEI)

A GEI é uma Organização Não Governamental que tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento sustentável dentro das fronteiras do país e no exterior. Com sede em Pequim, trabalha ao lado de legisladores, empresas, cientistas, líderes da sociedade civil e comunidades locais para promover o diálogo e soluções inovadoras para proteger o meio ambiente e aumentar as oportunidades econômicas na China, bem como no Sudeste Asiático e na África.

Verifique também

- Foto por: PMMT

Primeiro Comando Regional da PM divulga produtividade da Operação Black Friday

Ação contou com unidades especializadas da PM