segunda-feira , 8 agosto 2022
Jô Soares ensinou a Bolsonaro o que era nazismo em cartas abertas; releia

Jô Soares ensinou a Bolsonaro o que era nazismo em cartas abertas; releia

SÃO PAULO, SP (FOLJAPRESS) – Desde a chegada de Jair Bolsonaro ao Palácio do Planalto, Jô Soares, morto nesta sexta-feira aos 84 anos, escreveu uma série de cartas abertas endereçadas ao presidente.


Releia abaixo os textos, publicados entre 12 de abril de 2019 e 27 de março de 2021 nesta Folha de S.Paulo.

CARTA DE JÔ SOARES A BOLSONARO EM 12 DE ABRIL DE 2019

“Caro presidente Jair Bolsonaro. Entendo a reação provocada quando o senhor afirmou que o nazismo era de esquerda. Isso se deve ao fato de que, depois da Primeira Guerra Mundial, vários pequenos grupos se formaram, à direita e à esquerda.

Um desses grupos foi o NSDAP –em alemão, sigla do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães. Entre seus fundadores originais havia dois irmãos: Otto e Gregor Strasser. Otto era um socialista convicto, queria orientar o movimento do partido à esquerda. Foi expulso e a cabeça posta a prêmio.

Seu irmão Gregor preferiu unir-se ao grupo do Camelô do Apocalipse. Quanto a Otto, que não concordava com essa vertente, nem com as teorias racistas, teve sua cabeça posta a prêmio por Joseph Goebbels pela quantia de US$ 500 mil. Foi obrigado a fugir para o exílio, só conseguindo voltar à Alemanha anos depois do final da guerra. Hitler apressou-se em tirar o ‘social’ da sigla do partido. Mais tarde, Gregor foi eliminado junto com Ernst Röhm, chefe das S.A., na famigerada ‘Noite das Facas Longas’.

Devo lhe confessar que também já fui alvo de chacota, mas por um motivo totalmente diferente: só peço que não deboche muito de mim.

Imagine o senhor que confundi o dinamarquês Søren Aabye Kierkegaard, filósofo, teólogo, poeta, crítico social e autor religioso, e amplamente considerado o primeiro filósofo existencialista, com o filósofo Ludwig Wittgenstein, que, como o senhor está farto de saber, foi um filósofo austríaco, naturalizado britânico e um dos principais autores da virada linguística na filosofia do século 20.

Finalmente, um conselho: não se deixe influenciar por certas palavras. Seguem alguns exemplos:

1. Quando chegar a um prédio e o levarem para o elevador social, entre sem receio. Isso não fará do senhor um trotskista fanático;
2. A expressão ‘no pasarán!’, utilizada por Dolores Ibárruri Gómez, conhecida como ‘La Pasionaria’, não era uma convocação feminista para que as mulheres deixassem de passar as roupas dos seus maridos;
3. ‘Social climber’ não se refere a uma alpinista de esquerda;
4. Rosa Luxemburgo não era assim chamada porque só vendia rosas vermelhas;
5. Picasso: não usou o partido para divulgar seus gigantescos atributos físicos;
6. Quanto à palavra ‘social’, ela consta até no seu partido.

Finalmente, adoraria convidá-lo para assistir ao meu espetáculo.

Foi quando surgiu um dilema impossível de resolver. Claro que eu o colocaria na plateia à direita. Assim, o senhor, à direita, me veria no palco à direita. Só que, do meu lugar no palco, eu seria obrigado a vê-lo sempre à esquerda.

Espero que minha despretensiosa missiva lhe sirva de alguma utilidade.

Convicto de ter feito o melhor possível, subscrevo-me.

“Jô Soares,

Influenciador analógico”

CARTA DE JÔ SOARES A BOLSONARO EM 22 DE JULHO DE 2019

“Monsieur le president: come je sé que, etant troglodite, vous parlé multilangues, je comence em françois, langue de la diplomacie mondiale pour que ningán duvide: parabiéns! Parabiéns! parabiéns! Quel idê genial de nomé votre fils Eduardô come ambassadeur!

Tout come il faut respetant les regles: premier, comemoré la idé certe, 35 ans. Alors, petite feste, troque de petit presents etc.

Chanté le parabiéns, apagué les veles, comê le bolê! Comê le bolê! E depuis le present principale: lui, qui há dejá une graduation em hamburguér et talvois une pos-graduation em cheeseburguér? Aussi, si nous avons deja um ex-president, FHC, pourquoi ne pas tenté aussi um ambassadeur KFC? Après ça, il faut tenté une master degre em pipoque. Afinale de contes, nous devons aproveité les oportunités que la vie nous oferece. Par exemple: Votre Majesté savé que Rafael Leonidas Trujillo Molina, quand a assumí le podê em 1930, a la Republica Dominicana, a nomé son filhô Ramfis, com a pene quatre ans de idé, coronel de salário y privilégios del Exército dominicano?

En 1938, le president Jacinto B. Peynado (president que sucessé a Trujillo) promové le coronel Ramfis Trujillo Martinez, de neuf ans, a general de brigada, promoción que fu outorgué “en mérito al serviço” em se constituant nel plus jeune general del histoire du monde? Regardé les fotôs: nést pas fôfe?

Bien avant, Napoleon, lembré dele? Nomée irmains e parents come rois de la Holandá, roi de Náples (aquel da pizzá), roi de Espanhe e rois da Westphalie. (Je ne coné pas Westphalie mais pesquisé avec vos amis dans le Twitter pour savoir onde é que fique.)

Enfin, chegue de converse. Jagarre dans le pape mais sempré pour colaboré avec Votre Majesté.

Signé: Jô Soares, influencieur analogique.

Em verité: José Eugenio Soares, oficial da Ordem de Rio Branco.”

CARTA DE JÔ SOARES A BOLSONARO EM 23 DE JUNHO DE 2020

“Volto a lhe escrever para que VoSSa Redundância me esclareça uma dúvida, já que o seu saber é notoriamente superior ao meu em todas as áreas, sobretudo nas áreas da filosofia e da política. A propósito: gostaria de saber se VoSSa Redundância já leu o livro sobre Churchill que estava sobre a sua mesa na hora da posse ou resolveu se aprofundar na biografia de outros políticos mais interessantes da mesma época?

Aproveito também a minha ousadia para esclarecer um assunto que me atormenta: gostaria que VoSSa Redundância me explicasse o que pretendem dizer quando se referem à ala ideológica do seu governo.

Dividimos, então, os ministérios entre os ideológicos e os que não têm ideologia nenhuma? Sei que este é um mistério digno de ser tratado com reverência, porém ouso dizer, sob pena de revelar um segredo de Estado, que a sua ideologia é a patafísica. Sim! Saudações! Ufano-me em dizer que VoSSa Redundância é o primeiro presidente patafísico do mundo!”

CARTA DE JÔ SOARES A BOLSONARO EM 28 DE NOVEMBRO DE 2020

ExcelentíSSimo!

Finalmente entendi o porquê da biografia do Churchill na sua mesa no dia da posse: em segredo, VoSSa Redundância já se preparava para uma guerra contra inimigos mais fortes.

Que coragem! Uma guerra contra os Estados Unidos e seus aliados! Perto disso, “aquilo roxo”, de um nosso ex-presidente, vira ervilha!

Tem que botar pólvora na diplomacia. O problema de reforçar nossa defesa com a compra de armas só vai obrigá-lo a enfrentar um dilema –ou, como diria VoSSa SSabedoria, um trilema. Ou seja, VoSSa Iluminância afirma que não vai comprar vacina chinesa porque é uma vacina comunista. E para comprar armas? Podemos. É até melhor, porque arma comunista mata mais.

Não sei se o VoSSa sabia: foram os chineses que também inventaram a pólvora. E o macarrão. O macarrão é vermelho! Cada vez que VoSSa participa de uma macarronada no domingo, está participando de uma reunião do Partido.

Vamos tratar agora de um problema mais importante a ser resolvido antes mesmo do início do confronto: a construção de abrigos antiaéreos. Alguém já deve tê-lo informado que os Estados Unidos são uma nação nuclear. Urge espalhar por todo território nacional abrigos antiaéreos. Na área da construção estamos bem servidos: basta formar um pool liderado pela Odebrecht.

Enfim, presidente: se ainda der tempo, vamos recuar nesse confronto. Porém, de maneira sutil: nem tão devagar que pareça covardia nem tão depressa que pareça provocação.
Continue fazendo humor e não a guerra.”

CARTA DE JÔ SOARES A BOLSONARO EM 28 DE NOVEMBRO DE 2020

“Volto a lhe escrever para comentar sobre a perseguição da imprensa, que continua a criticar suas declarações a respeito dos remédios que, do baixo de seu conhecimento, VoSSa Redundância continua a sugerir. Fazem parte desse kit covid a hidroxicloroquina, a cloroquina, a ivermectina, a azitromicina e a doxiciclina.

A ciência continua a negar a eficácia desses medicamentos contra a Covid-19.

A ciência? Ora, a ciência… Que valor tem ela diante da sua imperial ignorância?

Quero lembrar, também, que os jornalistas se esquecem de reconhecer a eficácia desses remédios em relação a outras doenças.

Aqui vai uma pequena lista de algumas moléstias que são curadas por esses medicamentos:

ESPINHELA CAÍDA
MAL DE SETE DIAS
ANDAÇO
COBREIRO
DOR DE RESPONDE AQUI
QUEBRANTO
BUCHO VIRADO
ZIPELA
DOR DE VIADO
GASTURA
MAL DE SIMIOTO
PÉ DESMENTIDO
UMBIGO CAÍDO
CHANHA
MOLEIRA
PANARIÇO

E centenas de outras aflições. Não falo sem provas. Todas essas curas podem ser comprovadas no site da Titia Sobrinha. Titia Sobrinha pede pra avisar que, durante a pandemia, está benzendo via internet: tiasob.com.”

Verifique também

Michelle comanda culto ao lado de Bolsonaro e diz que Planalto antes era 'consagrado a demônios'

Michelle comanda culto ao lado de Bolsonaro e diz que Planalto antes era ‘consagrado a demônios’

(FOLHAPRESS) – Em busca dos votos femininos, a primeira-dama Michelle Bolsonaro assumiu o protagonismo da …