segunda-feira , 27 junho 2022
Internet Explorer, principal navegador da web dos anos 2000, chega ao fim após 27 anos

Internet Explorer, principal navegador da web dos anos 2000, chega ao fim após 27 anos

Depois de 27 anos, o Internet Explorer (IE) chegou ao fim. A Microsoft vai encerrar o suporte ao principal navegador dos anos 2000 a partir desta quarta-feira (15), quando a empresa passa a se dedicar exclusivamente ao Edge.


Embora o fim do Explorer já fosse esperado desde o lançamento do sucessor, em 2015, a principal evidência só chegou em 2020. Naquele ano, a Microsoft anunciou que produtos como Teams e Office 365 não seriam compatíveis com o navegador antigo.

Contudo, o anúncio oficial foi feito em maio de 2021, quando a empresa disse que o IE seria substituído pelo Edge, navegador nativo do Windows 10 e 11, a partir de 15 de junho de 2022.

“O Microsoft Edge não só é um navegador mais rápido, seguro e moderno que o Internet Explorer, como também é capaz de lidar com uma preocupação importante: a compatibilidade com aplicativos e sites antigos”, afirmou a Microsoft em post no blog oficial.

O Edge tem a opção de ativar o modo IE, no qual o usuário navega na internet como se estivesse usando o navegador antigo. Isso permite que sites mais antigos, projetados para o software, sejam acessados.

“Não dá para agradecer o apoio de todos pelo Internet Explorer ao longo dos anos. Muitas pessoas e empresas ao redor do mundo dependeram do IE para ajudá-los a aprender, crescer e conduzir negócios online”, disse a empresa.

A última versão do software é o Internet Explorer 11, lançado em 2013, cuja última atualização data de novembro de 2020.

O IE foi lançado em agosto de 1995, ao lado do sistema operacional Windows 95. O produto dominou o mercado até o início dos anos 2010, quando o Google Chrome tomou o posto de navegador mais popular. Por conta dessa hegemonia, o Internet Explorer foi protagonista do início da navegação na internet de muitos usuários.

Verifique também

Cúpula do G7 começa com anúncio de sanção à importação de ouro da Rússia e protestos

Cúpula do G7 começa com anúncio de sanção à importação de ouro da Rússia e protestos

A reunião da cúpula do G7, grupo formado pelas maiores economias do mundo, começou neste …