sábado , 21 maio 2022
8881a946-388e-4824-b6df-9abf08f96e2b-1

Interesse Público chega à edição 900 e homenageia o procurador Pedro Jorge

Membro do MPF foi assassinado há 40 anos, enquanto denunciava esquema de corrupção em Pernambuco. Edição inédita vai ao ar nesta sexta-feira (29) às 20h, na TV Justiça


Imagem: divulgação Interesse Público

Há mais de 17 anos o Interesse Público tem a missão de levar as notícias do Ministério Público Federal (MPF) para o telespectador. Esta semana vai ao ar a edição 900 do programa, que começa com uma homenagem ao procurador Pedro Jorge de Melo e Silva, assassinado no dia 3 de março de 1982, enquanto denunciava um dos maiores casos de corrupção do país: o Escândalo da Mandioca. Pedro Jorge mudou a história do MPF e se tornou um símbolo institucional. 40 anos depois da morte do procurador, o MPF em Pernambuco realizou uma série de atividades para homenageá-lo.

Em Minas Gerais, reportagem fala sobre ação do Ministério Público Federal para que o Banco Central regulamente a acessibilidade em contratos financeiros. Até hoje, as instituições bancárias não oferecem contratos em Braille para pessoas com deficiência visual. Para o MPF, a falta de norma reguladora sobre acessibilidade em operações financeiras viola o direito dessas pessoas à cidadania e participação social.

Direitos do Cidadão – Chegaram ao MPF denúncias sobre venda e aluguel de casas populares do programa Minha Casa, Minha Vida, em Botucatu, no interior de São Paulo. A prática ilegal partiu de proprietários das unidades, e o Ministério Público Federal acionou a Justiça para que a Caixa Econômica Federal seja condenada por omissão, ao deixar de punir as irregularidades.

Cooperação Internacional – A atuação do MPF resultou em mais uma repatriação de fóssil brasileiro, que foi retirado clandestinamente do país. Com mais de 100 milhões de anos, a peça histórica é datada do período Cretáceo, e estava sendo vendida de forma ilegal, por meio de um site de leilões, na Itália. Após a repatriação, o pequeno peixe fossilizado, que já estava fora do país há mais de 10 anos, deve ser encaminhado à Universidade Regional do Cariri (Urca), onde vai compor o acervo do museu gerido pela instituição.

Onde assistir – O Interesse Público é veiculado nacionalmente pela TV Justiça às sextas-feiras, às 20h, com reprise aos domingos, às 17h30, e em outros dias da semana. O programa também é retransmitido por 29 emissoras parceiras distribuídas pelo Brasil: Acre, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins. Você também pode acompanhar o programa pela internet, no site TV Justiça, ou acessar as reportagens no Canal MPF, no YouTube.

O IP é uma revista eletrônica semanal produzida pela Secretaria de Comunicação Social da Procuradoria-Geral da República, em parceria com a produtora Chá com Nozes e com a colaboração das Assessorias de Comunicação das unidades do MPF em todo o país.

Secretaria de Comunicação Social
Procuradoria-Geral da República
(61) 3105-6409 / 3105-6400 
pgr-imprensa@mpf.mp.br
facebook.com/MPFederal
twitter.com/mpf_pgr
instagram.com/mpf_oficial
www.youtube.com/tvmpf

Verifique também

STF nega impor prazo a Lira para análise de pedidos de impeachment de Bolsonaro

STF nega impor prazo a Lira para análise de pedidos de impeachment de Bolsonaro

Os ministros do Supremo Tribunal Federal decidiram manter decisões que negaram impor prazo e determinar …