terça-feira , 17 maio 2022

Homem é preso pela Polícia Civil após descumprir medidas protetivas e agredir ex-esposa em Cuiabá

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem suspeito de agredir a ex-esposa e descumprir medidas protetivas impostas pela Justiça foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na tarde de sexta-feira (11.02), em rápida ação da equipe do Plantão de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica e Sexual de Cuiabá.

O suspeito de 39 anos foi flagrado no momento em que saia da casa da vítima e foi autuado em flagrante por lesão corporal no âmbito da Lei Maria da Penha.

As diligências iniciaram após os policiais do Plantão de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica receberem a ligação da vítima, relatando que possuía medidas protetivas, porém seu ex-marido tinha conseguido entrar em sua residência e estava querendo agredi-la.

Imediatamente, os policiais foram até o endereço onde encontraram o suspeito saindo do interior da residência. Além de agredir fisicamente a vítima, o suspeito usou palavras de baixo calão contra a ex-esposa e a ameaçou de morte.

Diante da agressão física e verbal e do descumprimento de medida protetiva, o suspeito foi encaminhado ao Plantão, onde foi autuado em flagrante por violência doméstica.

Operação Resguardo

Em Mato Grosso, as oito Delegacias de Defesa da Mulher na região metropolitana e interior do estado, O Plantão 24h de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica e Sexual de Cuiabá e os Núcleos de Defesa da Mulher estão engajados na operação, que contará ainda com ações preventivas. A operação tem foco na conclusão de procedimentos policiais, cumprimentos de mandados de prisão e de buscas, checagem de denúncias e fiscalização do cumprimento de medidas protetivas.

As Polícias Civis vão atuar, de forma conjunta, na busca de suspeitos de ameaças, tentativas de feminicídio, lesão corporal, descumprimentos de medidas protetivas, estupro, importunação, entre outros crimes.  

As ações das delegacias também levarão orientações a vítimas que tiveram o descumprimento de medidas protetivas, além da checagem de denúncias e cumprimento de buscas em casos em que haja suspeita de armas de fogo em poder de suspeitos de atos de violência doméstica. As ações contarão com apoio da Patrulha Maria da Penha, da Polícia Civil, e Guarda Municipal de Várzea Grande.

A Operação Resguardo será concluída no dia 08 de março, com a divulgação do balanço geral das ações realizadas no período.

Denúncias

Denúncias de violência contra a mulher podem ser feitas em Mato Grosso aos números da Polícia Civil (197 e 181); pela Delegacia Virtual (www.delegaciavirtual.mt.gov.br) ou ainda em uma delegacia, presencialmente.

Outra opção é o Disque 180, de abrangência nacional. Qualquer pessoa pode acionar o serviço, que funciona diariamente, 24 horas, incluindo sábados, domingos e feriados. O serviço cadastra e encaminha os casos aos órgãos competentes. Além disso, as delegacias estaduais também recebem denúncias presenciais.

 

Verifique também

PMMT

Três homens são presos após roubo de veículo em Cuiabá

Na ação, os veículos roubados foram recuperados e duas armas de fogo apreendidas