quinta-feira , 18 agosto 2022
Exportação de carne bovina em julho sobe 21,6%, frango +4,5% e suína -9,5%

Exportação de carne bovina em julho sobe 21,6%, frango +4,5% e suína -9,5%

Foto CARNES VARIADAS Getty Images

As exportações de carne bovina foram 1,07% maiores em quantidade no mês de julho na comparação com igual período de 2021.

 

O volume de carne de frango embarcado para o exterior recuou 3,5%, e o de carne suína caiu 5,1%. Dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia, mostram que o faturamento com carne bovina cresceu 21,6% ante julho/21.

 

Já a receita com as vendas externas de carne de frango avançou 24,6% e com carne suína caiu 9,5%. Os dados consideram 21 dias úteis.

Os embarques de carne bovina fresca, refrigerada ou congelada totalizaram no mês passado 167,29 mil toneladas, ante 165,51 mil toneladas em julho de 2021. A receita avançou 21,6%, de US$ 900,8 milhões para US$ 1,095 bilhão. O produto seguiu se valorizando na comparação interanual, com preço médio por tonelada de US$ 7.966,30 ante US$ 7.523,40 tonelada de julho de 2021.

A exportação de carne de aves e suas miudezas totalizou 377,1 mil toneladas no mês passado, ante 390,9 mil toneladas em igual período de 2021 (-3,5%). Em faturamento, as vendas renderam US$ 838,41 milhões ante US$ 672,63 milhões em julho de 2021. O preço da tonelada do produto subiu de US$ 1.720,40 para US$ 2.223,30.

Por fim, os embarques de carne suína fresca, refrigerada e congelada totalizaram 87,9 mil toneladas, ante 92,7 mil toneladas de julho de 2021. Em receita, os embarques geraram US$ 209,30 milhões, 9,5% a menos que os US$ 231,41 milhões de julho do ano anterior. O preço por tonelada foi de US$ 2.380,90, contra US$ 2.495,40/tonelada verificados no ano anterior.

No acumulado de 2022, o País exportou 946,96 mil toneladas de carne bovina para o mercado externo. A receita no período foi de US$ 5,487 bilhões, conforme dados da Secex.

 

No caso da carne de frango, o acumulado mostra que o País exportou 2,206 milhões de toneladas, com receita de US$ 4,257 bilhões no período. Já para a carne suína, entre janeiro e julho foram embarcadas 462,3 mil toneladas da proteína, com receita de US$ 1,043 bilhão (Broadcast, 2/8/22)

Verifique também

Safra 2021/22: Produção recorde de 271,4 mi de t, +6,2% ante 2020/21

Safra 2021/22: Produção recorde de 271,4 mi de t, +6,2% ante 2020/21

produção brasileira de grãos na safra – FOTO SAFRAS E MERCADO A produção brasileira de …