quarta-feira , 18 maio 2022
687ccf7e-a6ce-4862-a910-4218413e3c88

Encontros da Cidadania: webinário discutirá a liberdade de expressão e a limitação ao discurso de ódio e de intolerância

O evento ocorrerá nesta quinta-feira (5). As inscrições estão abertas na plataforma Sympla


Imagem: Asscoinf/PFDC

Nesta quinta-feira (5), às 10h30, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC) promove o webinário “Liberdade de expressão e a limitação ao discurso de ódio e de intolerância”. O expositor convidado é o professor de Direito da PUC do Rio Grande do Sul, Ingo Wolfgang Sarlet, desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. Ele é conhecido por sua atuação em direito constitucional e direitos humanos, direitos fundamentais, dignidade da pessoa humana e direito ambiental.

Os debatedores serão o desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Roger Raupp Rios, com atuação em direitos humanos, direitos fundamentais, direito da antidiscriminação, direitos sexuais e direito à saúde.

A procuradora regional dos Direitos do Cidadão no Paraná, Indira Bolsoni Pinheiro, também participará do debate. O moderador será o coordenador do GT Liberdades: Consciência, Crença e Expressão, da PFDC e procurador regional dos Direitos do Cidadão no Rio Grande do Sul, Enrico Rodrigues de Freitas.

A iniciativa faz parte do ciclo de webinários sobre violência on-line, que ocorre no âmbito do Projeto Encontros da Cidadania. Os eventos ocorrem às quintas-feiras. Qualquer pessoa pode acompanhar os debates por meio do Canal do MPF no Youtube. Para receber o certificado, é preciso se inscrever em www.sympla.com/pfdcmpf.

Assessoria de Comunicação e Informação
Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC)
Ministério Público Federal
(61) 99319-4359
http://www.mpf.mp.br/pfdc
twitter.com/pfdc_mpf

Verifique também

5cb306a37d0ef441dbd994bfb2dfac97

Estudantes da rede pública municipal de ensino, atendidas pelo projeto Enxergar é Humanizar, recebem óculos

O projeto, após dois anos suspenso em razão da pandemia, foi retomado este ano, e irá atender estudantes do 1º ao 6º Ano