quinta-feira , 26 maio 2022
173df2fe4f444a9c6ddebda0131b6d70619538430a779-2

Deputado Thiago Silva cobra providências do DNIT sobre buracos nas BRs 163 e 364

Thiago na plenária da AL

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) cobrou, durante a sessão plenária desta quarta-feira (9), providências do Departamento Nacional de Infraestrutura do Transporte (DNIT) e da concessionária Rota do Oeste sobre os buracos e crateras nas rodovias BR-163 e BR-364, que prejudicam a trafegabilidade de trabalhadores da região sudeste e motoristas de caminhão que transportam a produção agrícola de boa parte do estado.

As duas rodovias são as mais importantes de Mato Grosso devido ao grande número de veículos e carretas que transportam mais de 70% da produção de grãos do estado. O deputado esteve vistoriando a rodovia e defende que o DNIT faça de forma urgente uma nova licitação para a manutenção da rodovia.

“Todos os dias recebo mensagens e fotos de denúncias sobre a precariedade das BR’s 163 e 364, que estão com crateras abertas, que podem ocasionar acidentes com vítimas fatais, além da perda da produção agrícola. É assustador a quantidade de buracos que encontramos no trecho de Rondonópolis a Cuiabá. Precisamos uma solução imediata por parte da concessionária e do DNIT, pois hoje estamos pagando caro nos pedágios e o serviço não está sendo entregue para a população”, disse o deputado Thiago Silva.

O deputado está solicitando apoio da bancada de senadores e deputados federais de Mato Grosso para que o DNIT possa solucionar estes problemas de infraestrutura que têm prejudicado a logística do estado, que é o maior produtor de grãos do país.

“Nós carregamos com orgulho a produção do estado e infelizmente colocamos nossas vidas em risco diante de tantas crateras que encontramos nas BR’s 163 e 364. Toda semana temos gastos extras com pneus e manutenção, logo precisamos que o DNIT resolva de vez essa situação que perdura há meses”, disse o caminhoneiro Leonardo Costa.

O deputado Thiago Silva também falou sobre a necessidade da construção de um trevo de acesso na BR-364 próximo à comunidade de Irenópolis, em Juscimeira, pois os moradores da região hoje têm que fazer a rotatória de acesso à mais de 1.500 metros da entrada do distrito. “Temos casos de pessoas que tiveram suas vidas ceifadas pela falta do retorno, então precisamos da intervenção do DNIT para construir este acesso que facilitará o acesso dos moradores de Irenópolis”, disse o deputado.

Caso o problema de buracos e crateras não seja solucionado de forma definitiva, o deputado Thiago Silva defende a suspensão do pagamento do pedágio até que o problema seja resolvido e a concessionária ou o DNIT faça a recuperação com qualidade de todo o trecho da rodovia entre Rondonópolis a Cuiabá.

Verifique também

6e037f78-df6e-4a7e-85bb-e6c08e853990

Defesa territorial é fundamental para assegurar proteção de mulheres e crianças yanomami, defende MPF em audiência pública

Durante debate na Câmara dos Deputados, procurador apontou o garimpo ilegal como principal fator de risco para a comunidade indígena