sábado , 21 maio 2022
Corinthians hospeda o Mirassol ainda oscilante e distante de um novo técnico

Corinthians hospeda o Mirassol ainda oscilante e distante de um novo técnico

O Corinthians completou uma semana sem técnico na última quarta-feira desde que Sylvinho foi demitido após a derrota para o Santos por 2 a 1, no Paulistão. Desde então, a diretoria ainda avalia nomes com cautela, mas não se aproximou de um novo treinador. Até aqui, os portugueses Vitor Pereira e Paulo Fonseca foram cogitados. Enquanto isso, a equipe, novamente comandada pelo interino Fernando Lázaro, vai a campo contra o Mirassol, um dos três times invictos do estadual, nesta quinta-feira, às 21h30, na Neo Química Arena.


Sobre a possibilidade de o clube acertar com um técnico estrangeiro, o lateral-direito Fagner disse que o profissional escolhido precisa de mais tempo para conhecer o país, a cultura e o futebol local. “É a mesma coisa com um atleta. No Brasil, a gente sabe que muitas vezes não temos paciência para dar tempo para um treinador trabalhar”, avaliou.

Enquanto segue sem técnico, o Corinthians enfrenta a oscilação como obstáculo. Nas duas primeiras partidas de 2022, marcou apenas uma vez e não sofreu gols. Já nos dois jogos seguintes, balançou as redes quatro vezes e foi vazado em três oportunidades. A própria irregularidade da equipe dentro das partidas também tem chamado a atenção. A oscilação em meio à mudança no comando técnico também pode ser ligada às alterações na escalação dos titulares. Ao todo, 22 jogadores entraram em campo nas quatro partidas do time neste Paulistão.

A rodagem do elenco no estadual deve continuar nas próximas rodadas. A idade avançada de alguns jogadores também reforça a atenção da preparação física. A equipe conta com oito veteranos como Cássio (34), Fagner (32), Gil (34), Fábio Santos (36), Paulinho (33), Renato Augusto (34), Willian (33) e Jô (34). Na terça-feira, Renato Augusto e Fábio Santos realizaram trabalhos específicos, separados do restante do grupo que foi a campo na vitória sobre o Ituano.

Outra boa notícia na última rodada foi a atuação destacada do volante Paulinho, que fez seu primeiro jogo como titular no ano e ainda busca evoluir fisicamente para a sequência da temporada. “Com o passar do tempo, a gente adquire uma experiência em campo. Eu e o Renato nos conhecemos há muitos anos, e depois de tomarmos o gol era o momento de calma. Conseguimos com a ajuda do grupo voltar à partida. Agora é manter o ritmo”, disse à TNT Sports.

A equipe alvinegra é líder do Grupo A do Paulistão, com sete pontos, e tem desafio complicado contra o Mirassol, segundo colocado do Grupo B, com oito pontos, após duas vitórias e dois empates. O time é comandado pelo técnico Eduardo Baptista e será um dos dois representantes paulistas que disputarão a Série C do Campeonato Brasileiro neste ano.

CONTRA O TABU – Invicto, o Mirassol busca um feito histórico nesta quinta-feira: o time jamais venceu o Corinthians em jogos válidos pelo Paulistão. Foram sete vitórias e quatro empates do time da capital. Para conseguir quebrar esse tabu, o técnico Eduardo Baptista promete um time ofensivo e buscando o gol a todo momento.

“Se a gente ficar muito atrás, muito acuado e deixar o Corinthians com a bola e próximo do nosso gol, acho que vamos sofrer um risco muito grande de perder, tomar um gol e sair frustrados. Contra uma equipe dessa precisamos afastar do nosso gol e termos a bola. A postura é essa”, afirmou o treinador.

Em relação ao time que empatou com o Santo André, por 2 a 2, na última rodada, o técnico estuda fazer uma mudança. Destaque do Mirassol na última Copa São Paulo de Futebol Júnior, o meia Du Fernandes ganha uma oportunidade entre os titulares na vaga de Rafael Silva.

Desfalque nas últimas três rodadas por conta de uma contratura muscular sofrida ainda na estreia, o experiente meia Camilo vai passar por um teste para saber se fica pelo menos como opção no banco de reservas.

Verifique também

Mbappé recusa Real Madrid e renovará com PSG, confirmam jornais da Europa

Mbappé recusa Real Madrid e renovará com PSG, confirmam jornais da Europa

Kylian Mbappé decidiu ficar no Paris Saint-Germain e recusou a proposta feita pelo Real Madrid. …