segunda-feira , 16 maio 2022
Cinco sinais de alerta que não deve ignorar na escolha do seu dentista

Cinco sinais de alerta que não deve ignorar na escolha do seu dentista

O coração e a cabeça alinharam-se e a decisão está tomada: é hora de ir endireitar o sorriso. O próximo passo é escolher o profissional certo para o conseguir, mas esse pode ser um processo de muitas indecisões. 


Para ajudar todos os que se encontram neste impasse, o chefe ortodontista da cadeia de clínicas especializadas em ortodontia invisível Impress, Khaled Kasem, desvenda alguns dos sinais de alerta que não deve ignorar na hora de escolher o seu profissional de saúde:

1- Só prometem melhorias estéticas, sem mencionar a saúde oral

Embora o tratamento ortodôntico seja uma forma de melhorar a aparência dos dentes e a forma como eles funcionam, a longo prazo, a saúde oral deve ser uma prioridade. Se o seu ortodontista não menciona a importância da saúde oral, é hora de questionar se será o mais adequado.

2- Trabalham em clínicas dentárias tradicionais

Se estiver interessado em avançar com um dentista tradicional, certifique-se de que este tem conhecimento e formação especializada em ortodontia antes de avançar com um tratamento de alinhamento. 

3- Utilizam processos tecnológicos ultrapassados

Se o profissional de saúde ainda utiliza processos tecnológicos ultrapassados, essa é uma bandeira vermelha que não deve ignorar. A utilização de testes de imagem desatualizados pode levar a resultados questionáveis, o que não acontece com recurso a um scanner 3D. Investir num bom tratamento ortodôntico é investir em tecnologia de ponta.

4- Higiênicos… Mas pouco

Se a higiene não for uma prioridade, principalmente no decorrer de um procedimento, fuga. Os profissionais de saúde devem utilizar sempre um uniforme limpo, luvas descartáveis, viseira e máscara facial para garantir a máxima higiene e segurança ao paciente.

5- Reputação questionável

O ditado diz que ‘não há fumaça sem fogo’ e esta é uma verdade que se aplica também na hora de encontrar o profissional certo. A melhor forma de garantir que está a investir no especialista certo é procurar saber mais sobre ele, ou sobre o local onde trabalha. Se já ouviu testemunhos que o deixaram com o pé atrás, o melhor será ficar longe.

Verifique também

Pílula anticoncepcional completa 60 anos no Brasil em meio a mitos

Pílula anticoncepcional completa 60 anos no Brasil em meio a mitos

MARIA TEREZA SANTOSSÃO PAULO, SP – A carioca Fernanda* começou a usar a pílula anticoncepcional …