sábado , 27 novembro 2021
César Cielo é homenageado na coleção 'Grandes Ídolos do Esporte': 'Um privilégio'

César Cielo é homenageado na coleção ‘Grandes Ídolos do Esporte’: ‘Um privilégio’

Heróis nacionais devem ser reverenciados e a Memorabília do Esporte em parceria com a Casa da Moeda do Brasil vem prestando homenagem aos atletas do País. Nesta segunda-feira foi a vez do nadador César Cielo, campeão olímpico e recordista mundial dos 50m e 100m livres estampar as séries em prata, bronze dourado, bronze e cuproníquel da coleção ‘Grandes Ídolos do Esporte.’


As peças com a estampa do nadador já estão à venda. Ele é o oitavo atleta brasileiro lembrado nesta justa e merecida homenagem. Feliz, o campeão olímpico de Pequim-2008 nos 50m livre se disse bastante honrado por ter sido um dos escolhidos.

“Fiquei muito feliz e honrado pelo convite e pela oportunidade de participar de um projeto tão bonito. A coleção Grandes Ídolos do Esporte valoriza e eterniza atletas que doaram a vida buscando resultados extraordinários e que representaram o Brasil de forma exemplar”, afirmou Cielo. “É um privilégio fazer parte deste seleto grupo de pessoas e poder deixar essa marca como legado”, concluiu.

Dono de diversos recordes, dentre os quais os mundiais dos 50m (20,91) e 100m (46,91) livres, e o olímpico nos 50m (21,30), Cielo conquistou outras duas medalhas de bronze em Olimpíadas, nos 100m livre em Pequim e nos 50m livre em Londres em 2012.

Escolhido do mês de novembro, Cielo se junta a Robert Scheidt, Maria Esther Bueno, Rodrigo Pessoa, Jackie Silva, Sandra Pires, Daniel Dias e Hortência, que já foram homenageados na coleção ‘Grandes Ídolos do Esporte.’

A lista de 2022 ainda não foi definida, mas a ginasta Daiane dos Santos fechará a temporada sendo a homenageada de dezembro. As medalhas são comercializadas acompanhadas de um cartão exclusivo da coleção e com certificado. Elas variam de peso: prata (+ 31g), bronze dourado (+ 24g) e bronze (+ 24g). Elas possuem diâmetro de 40mm, enquanto a linha de cuproníquel tem 30mm.

Verifique também

Pilotos cobram consistência em punições que podem definir o campeão da F-1

Pilotos cobram consistência em punições que podem definir o campeão da F-1

LONDRES, REINO UNIDO (UOL/FOLHAPRESS) – Quando a Mercedes teve negado seu pedido de revisão do …