terça-feira , 17 maio 2022
Campanha de Bolsonaro vai retratar Moro como vaidoso para desgastá-lo

Campanha de Bolsonaro vai retratar Moro como vaidoso para desgastá-lo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O núcleo da campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) começou a desenhar o discurso com o qual pretende enfrentar o ex-ministro da Justiça Sergio Moro (Podemos), seu adversário nas eleições em 2022.


Visto como o único capaz de tirar o atual chefe do Executivo do segundo turno em outubro, o ex-juiz será retratado como alguém vaidoso e afeito a holofotes.

Com isso, bolsonaristas pretendem reforçar a rejeição de quem não vota em Moro e impedir seu crescimento.

A estratégia foi desenhada a partir de pesquisas qualitativas às quais integrantes do comitê de campanha de Bolsonaro tiveram acesso. Nelas, os eleitores que rejeitam o ex-juiz o apontam como alguém vaidoso, mais preocupado com a própria biografia. Essa linha será usada tanto nas redes sociais quanto por aliados do presidente.

Trata-se de uma mudança de direcionamento. Desde que deixou o governo em abril de 2020, Moro tem sido retratado nas redes ligadas ao presidente como traidor, como alguém pouco confiável. O novo discurso visa a ampliar a rejeição do ex-juiz além da bolha bolsonarista.

Verifique também

7fd15933-a61b-41c9-9421-7e8ffaaca43d

STF declara inconstitucionais leis que preveem foro especial para delegados de polícia e procuradores de Estado

Decisão atende pedido do MPF em ações diretas contra constituições dos estados do Rio de Janeiro, Maranhão e Mato Grosso do Sul