sábado , 16 outubro 2021
Britney está 'em êxtase' após pai pedir encerramento da tutela

Britney está ‘em êxtase’ após pai pedir encerramento da tutela

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Britney Spears, 39, está ‘em êxtase’ após seu pai Jamie Spears, 69 entrar, na última terça-feira (8), com uma petição pedindo para o juiz encerrar a tutela, segundo o TMZ. O pai da cantora controlou a vida pessoal e financeira da artista nos últimos 13 anos.


Uma fonte disse ao site que a cantora considera a pressão pública do movimento #freebritney e a pressão do seu advogado, Mathew Rosengart, importantes fatores para a reviravolta no caso. O que deixa ela mais feliz ainda é que o pai faz isso sem pedir nova avaliação mental.

Mas Jamie atribuiu sua súbita mudança de opinião aos “eventos recentes relacionados a tutela”, aparentemente referindo-se a audiências judiciais deste ano nas quais a cantora falou contra sua situação legal. Desde 2008, Spears foi nomeado tutor da filha para assuntos pessoais e financeiros.

Jamie falou à Justiça que as circunstâncias de sua filha mudaram a tal ponto que os motivos para o estabelecimento de uma tutela podem não existir mais. Ele admitiu que Britney quer viver sua vida “sem as restrições de um conservador ou processo judicial”.

Em uma declaração ao Page Six, o advogado de Britney, Mathew Rosengart, chamou o pedido de Jamie de “outra vitória legal” e “justificativa” para a estrela. “Parece que o Sr. Spears acredita que ele pode tentar evitar a responsabilização e a justiça.”

A notícia chega mais de dois meses depois que a estrela pop disse à juíza Penny que queria que o acordo legal terminasse. Britney implorou para recuperar o controle de seus assuntos pessoais e bens durante a audiência de 23 de junho, que levou à renúncia de seu advogado nomeado pelo tribunal , Samuel D. Ingham. Na época, ela alegou que ele nunca disse que a tutela poderia terminar

Durante seu depoimento de 24 minutos no tribunal, a cantora chamou Jamie de conservador “abusivo” e apresentou uma série de acusações contra ele, incluindo que ele a forçou a sair em turnê em 2018 e a mandou para um centro de saúde mental contra, em 2019.

Britney também alegou que seus conservadores a proibiram de remover um DIU para controle de natalidade. Ela disse ainda ao tribunal que deseja ter mais filhos, mas foi impedida de fazê-lo “Eu quero poder me casar e ter um filho. Disseram-me com a tutela que eu não era capaz de me casar e ter um filho.”

A cantora contou ainda que uma vez eles aplicaram uma droga que ela descreveu como tão forte que “não conseguia nem ter uma conversa” com seus pais. “Eu não deveria estar em uma tutela se eu pudesse trabalhar e fornecer dinheiro e trabalhar para mim mesmo e pagar outras pessoas. Não faz sentido”, argumentou a cantora.

Jamie foi nomeado o principal conservadora de Britney em fevereiro de 2008, após seu colapso público e divórcio de Kevin Federline, com quem ela tem dois filhos Sean Preston, 15, e Jayden James, 14 . Ele compartilhou o papel com um advogado, Andrew Wallet, por muitos anos.

Wallet renunciou ao caso em março de 2019, e Jamie temporariamente deixou a tutela em setembro devido a sua saúde debilitada. Jodi Montgomery tem substituído Jamie desde então, embora ele ainda supervisione como Britney gasta sua fortuna multimilionária como conservadora de seu patrimônio.

Antes do pedido de seu pai para a rescisão da tutela, Britney solicitou a remoção de Jamie. Mais recentemente, durante uma audiência em julho, a estrela disse à juíza Penny que queria que seu pai fosse acusado de “abuso de tutela”.

Jamie negou ter administrado mal a vida e a carreira de Britney , dizendo em várias ocasiões que “ama” e “sente falta” de sua filha distante. A próxima audiência do caso está marcada para 29 de setembro.

Verifique também

Ex-cassetas voltam a levar humor à TV aberta e querem furar bolhas da web

Ex-cassetas voltam a levar humor à TV aberta e querem furar bolhas da web

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Após quase 11 anos do fim do Casseta e Planeta …