quarta-feira , 18 maio 2022
Bolsonaro nega ter abordado tema segurança eleitoral em encontro com Putin

Bolsonaro nega ter abordado tema segurança eleitoral em encontro com Putin

O presidente Jair Bolsonaro negou nesta quarta-feira, 16, ter abordado questões de segurança eleitoral durante a reunião com o presidente da Rússia, Vladimir Putin. “Isso não é assunto para tratar fora do Brasil, com todo o respeito. Se alguém faz qualquer ilação nesse sentido, está extrapolando no meu entender a sua atividade”, declarou o presidente a jornalistas em Moscou após pergunta do Broadcast Político.


A fala sobre ‘ilação’ vem no mesmo dia em que o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, disse em entrevista ao Estadão que a Rússia poderia estar envolvida em ataques hackers ao sistema eleitoral brasileiro.

A coletiva de imprensa de Bolsonaro aconteceu logo após uma reunião do presidente com empresários russos. Aos presentes, o chefe do Executivo destacou que o encontro com Putin foi uma “experiência inenarrável”, diante de um “momento ímpar” nas relações entre os dois países.

“Entramos na questão de defesa e essa questão foi tratada com mais profundidade pelo nosso ministro da defesa e o representante do governo russo. Tratamos de ciência e tecnologia, petróleo e gás, exploração em águas profundas e importação e exportação”, relatou Bolsonaro aos empresários sobre o encontro com Putin.

O acesso de jornalistas em Moscou à agenda do presidente com empresários foi vetado, ainda que o encontro tenha sido organizado em parceria com o governo. Bolsonaro, no entanto, transmitiu suas falas nas redes sociais.

Exames

Bolsonaro se recusou a responder a jornalistas em Moscou se fez todos os exames de covid-19 solicitados pelo governo russo para entrada no Kremlin.

“Mas que pergunta!”, reagiu Bolsonaro ao ser questionado sobre o tema. “Eu me submeti a tudo que foi acordado no Brasil”, limitou-se a dizer. Como mostrou o Broadcast Político mais cedo, o presidente realizou um teste de covid-19 nesta manhã em seu hotel antes de se encontrar com o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Aos jornalistas, Bolsonaro disse que haverá abertura de crédito especial por parte do governo federal para atender as vítimas das chuvas em Petrópolis, sem falar o valor, e confirmou a visita que fará às regiões afetadas na sexta-feira.

Para cumprir a agenda no interior do Rio de Janeiro, Bolsonaro vai deixar Budapeste, capital da Hungria, para onde vai amanhã, mais cedo. Assim, a tradicional live das quintas-feiras nas redes sociais foi adiada para sexta-feira, 18.

Verifique também

b08f80b0-1e9b-46dc-b01a-b0a1f1fa870f

MPF orienta membros a prosseguirem com ações de improbidade até decisão final do Supremo sobre retroatividade das novas regras

Orientação nacional foi aprovada pela Câmara de Combate à Corrupção do MPF, órgão superior vinculado à Procuradoria-Geral da República