terça-feira , 17 maio 2022
5c92be55-b495-4cb3-a5d1-9a5150b602a0

Agência do Trabalho em Vilhena (RO) deve ter acessibilidade, recomenda MPF

Recomendação é para que agência seja em outro imóvel alugado, que tenha acessibilidade


Arte: Ascom MPF/RO

Em Vilhena, o Ministério Público Federal (MPF) quer acessibilidade na agência regional do Trabalho – unidade do Ministério do Trabalho. Para isso, o MPF recomendou prioridade na contratação de serviço telefônico e aluguel de novo imóvel para a agência, que atenda os requisitos de acessibilidade às pessoas com deficiência.

O MPF deu prazo de 15 dias para que a agência informe se irá acatar a recomendação e 90 dias para a comprovação das providências adotadas. Na recomendação, o órgão lembra que o Estatuto da Pessoa com Deficiência determina que as edificações públicas devem ser acessíveis às pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, garantindo o direito de essas pessoas viverem de forma independente e exercer seus direitos de cidadania e de participação social.


Íntegra da recomendação.

Assessoria de Comunicação 
Ministério Público Federal em Rondônia
(69) 3216-0511 / 98431-9761
prro-ascom@mpf.mp.br
www.mpf.mp.br/ro
Twitter: @MPF_RO

Verifique também

Hotel Bandeirantes em Juína

Trade turístico conta com linhas de crédito para fomentar a economia

São quatro modalidades oferecidas pela Desenvolve MT: capital de giro, obras civil, transporte e máquinas e equipamentos